quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Cabeça vazia é a oficina do Diabo?

Olá gente!

Estes dois anos tem sido bem ruins pra mim. Aliás, 2010 foi bemmmmm complicado. Fiquei parada mais ainda por causa do acidente e tals. Agora estou bem e comecei a traçar estratégias e planos para 2011, mas confesso que ficar com a cabeça vazia foi terrível...


"Cabeça vazia é a oficina do Diabo", diz o ditado. Mas será que esse "diabo"é tão ruim assim? Pensar na vida, na família, nos amigos, nos acontecimentos, em tudo que acontece consigo e sua volta tem os seus prós e contras.

Claro, se pensa em muitas e muitas besteiras. Pensa-se até no que não deve-se pensar. Fantasia-se muito. Sofre-se por antecedência ou por coisas que não irão acontecer. Mas pensa-se muito no que está errado, no que é ruim, no que deve ser mudado. É um momento de total autoconhecimento. Passa-se a gostar mais ou a odiar mais a sí mesmo.


Não irei dizer que ter ficado com a "cabeça vazia"foi bom, porque não foi. Mas foi necessário para que eu pudesse descobrir coisas no "meu mundinho"que estavam trancadas a 7 chaves, e que talvez se eu tivesse me mantido super ativa, como de costume, não tivesse descoberto.


Igual, acredito que o ditado esteja certo pelo seguinte motivo: cabeça vazia faz agente pensar, e muitas vezes pensar demais dói.

1 diagnósticos:

Kamilly Almeida disse...

Realmente

não ter muito o que pensa ou a se prender é complicado.

Beijos,

Kamilly Almeida.