domingo, 11 de abril de 2010

Blogagem coletiva - Cor azul - As pílulas azuis - Meu sono é azul

Olá!

Estou participando pela segunda da blogagem coletiva realizado pelo Blog Café com Bolo. A cor desta segunda é a azul.


Resolvi falar um pouquinho sobre as super atuais pílulas azuis - o famoso Viagra.


A impotência sexual masculina é um problema bem comum entre a população após os 40 anos, mas não se restringe somente a terceira idade. Conforme estatísticas da Sociedade Brasileira de Urologia, 35% dos brasileiros entre 18 e 40 anos apresentam o distúrbio em algum grau. E hoje, com uma abertura muito maior tanto na mídia quanto no dia-a-dia das pessoas, tem sido mais falado e discutido sobre este assunto.


A falta da ereção em um homem, pode se comparada a peruca de Sansão: sem ela há a fraqueza e vulnerabilidade. Então a milagrosa pilulazinha vem para solucionar o que antes parecia não ter volta, devolvendo não somente o sexo ao homem (e para a mulher), mas a masculinidade e auto-estima.


Os homens assim como as mulheres, apesar da grande maioria afirmar o contrário, também desenvolvem problemas de saúde por questões emocionais. Separação, desemprego, dificuldades financeiras e o fato de o homem ganhar menos do que a mulher, em caso de um casal, são as questões que mais abalam a auto-estima masculina. Quando isso acontece, em seguida é comum surgir a disfunção erétil. O alto nível de stress, cansaço, tabagismo, alcoolismo e cobrança por um desempenho extraordinário, principalmente quando a parceira é mais nova, também causam o problema.

O viagra muitas vezes acaba sendo um apoio emocional pois muitos indivíduos apenas pelo fato de ter no bolso o medicamento, já conseguem desempenhar atividades sexuais normais mesmo sem a ingestão do mesmo.


A ressalta de alguns especialistas da área é para não confundir uma disfunção erétil com falta de desejo, que no caso de casais ocorre com muita frequência. Também deixam bem claro que o medicamento não funciona como afrodisíaco, pois não aumenta a libido.


Há mulheres que preferem que seus maridos permaneçam falhando sexualmente com medo que haja adultério. O Viagra não produz infidelidade mas favorece os homens predispostos a este comportamento, então certamente uma mulher que prefere que seu homem continue a falhar precisa trabalhar sua sexualidade e o gosto pelo prazer.


Tanto a pílula anticoncepcional como o Viagra podem ser considerados revolucões sexuais e socias. A pílula promoveu a autonomia da mulher. O Viagra fez com que o homem prestasse mais atenção na saúde e devolveu a ereção para quem não tinha, o que é maravilhoso.

Obs: Como MUITO BEM lembrado pela amiga Luma Rosa e esquecido de ser postado por mim, consulte seu médico antes de tomar qualquer medicamento.


Fontes:
Bula Viagra, Revista Claudia .

******************************************************************
************
Meu sono é azul!

Em épocas mais conturbadas de faculdade sofro com o estresse e a ansiedade. Tanto que acabei adquirindo uma insônia por ansiedade. Não conseguia dormir direito de jeito algum por meses com medo de não acordar e perder a aula que eu podia assistir graças a muitoooo esforço e sacrifício do meu pai.

O que aconteceu foi que eu passei a dormir em média 2 ou 3 horas por noite, e acordava com qualquer coisa.
O sono simplesmente não vinha e quando vinha era sem qualidade.

Mas viver desta maneira não estava sendo nenhum pouco saudável, e muito menos proveitoso para meus estudos.


Então um dia descobri que se eu me imaginasse em uma situação em que me sentisse relaxada e confortável o sono viria mais rápido. Mas não é só imaginar, tem que sentir o determinado momento como se estivesse o vivenciando.


Meu sono é azul
porque minha imaginação voa até uma praia lindaaaaaa. Areia braquinha, sol morno, vento leve. Enxergo meus pés nesta areia, sinto o sol esquentando minha pele e esfriando com a brisa. Na minha frente há um infinito azul. Céu e mar se misturam no horizonte, e parecem estar tão próximo de mim.


O sono começa a vir.

Vou adormecendo e deixando minhas pegadas na areia molhada.

13 diagnósticos:

António Rosa disse...

Não conhecia o seu blogue. Vim atrás da blogagem coletiva da Glorinha - Azul. Gostei de conhecer o seu trabalho bloguístico e apreciei o seu post.

Françoise disse...

Que lindo,
Este exercício funciona mesmo, sou muito agitada e as vezes preciso disto para relaxar e dormir.
Que seu sono continue azul todas as noites....
Bjos,
Françoise

Glorinha L de Lion disse...

Santa pílula azul! Deve salvar muitos casamentos! O homem, infelizmente pensa que tem dois cérebros...hehe e pensa com a,com a lincença da palavra,cabeça de baixo...ele acha que o pênis é um ser independente dele, com vontade própria...alguns dão até nome pro dito cujo: Joãozinho, Pedrinho etc...o grande problema é que como pra fazer sexo eles precisam estar a postos, e às vezes o Joãozinho não coopera, isso faz um efeito dominó...falhou uma vez, acham que vão falhar sempre...coitados...Nós, pelo menos não achamos que nosso sexo é um ser à parte.
E seu sono azul, gostei...acho que quando tiver insônia vou tentar isso...Bjinhos.

Tati Pastorello disse...

Chelle, estou em uma fase de insônia por ansiedade também e vou aproveitar sua dica. Amo praia e é um ambiente que me acalma. Hoje à noite vou tentar ter um sono azul também. Se der certo passo aqui para te contar.
Um beijo!

Barbie Girl disse...

Olá!

Parabéns pela blogagem azul!

boa semana!

beijos

♥ "Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros" Ernesto Che Guevara ♥

Lúcia Soares disse...

Oi, Celle. Vim pela blogagem da Glorinha. Li seu post de hoje e o da cor rosa. Sinto muitíssimo você ter vivenciado esta dor de ver o sofrimento de sua mãe, quando devia ser bem novinha.
Espero que as cores lindas da vida já morem de novo em seu coração e você seja muito feliz, sempre.
A vida é azul, a alegria pode ser de qualquer cor. O importante é a gente viver bem.
Uma boa semana, com tudo azul pra você!

efeitoseconceitos disse...

Olá,
Cheguei aqui através da blogagem coletiva e estou ficando pois adorei o seu blog.
Gostei demais da dica para amenizar a insônia.
Em relação às pílulas azuis gostei da abordagem.
Beijos azuis
Yoyo

Maria Izabel Viégas disse...

Celle, sua blogagem azul está perfeita!
E a abordadem quanto ao uso do Viagra vale a pena de ser lido, principalmente, pelo que li aqui, pelas mulheres. Imagina, temer o quê? É como castrar o companheiro. Lindo.
E seu sono azul é tranquilizante. Creio que vc é excelente em Hipnose. Nota 1000!

Graças a Glorinha, conheci vc!
Beijos no teu coração!

Luma Rosa disse...

Adorei as duas dicas de relaxamento!! (rs*)

No caso do viagra, em alguns casos, pode dar mais segurança ao homem que tem medo de falhar na hora, mas é coerente dizer que a pílula só deve ser tomada sob prescrição médica. Pessoas com alguns problemas cardíacos não podem usar.

Já a dica do mar, sigo! Durmo sempre embalada pelo barulho do mar!!

Beijus,

Rozani disse...

As vezes tenho problemas para dormir.Eu acho pq eu adquiri desde de adolecente, dormir quase amanhecendo.
Mas pra mim ñ tem nada melhor.Eu adoro a madrugada.
Gostei de seu blog.
Bjs,Rozani

Beth/Lilás disse...

Oi, Chelle!
Sua alusão sobre o azul foi inusitada, mas bastante interessante e informativa também. Gostei!
Espero que tenha melhores sonos.
um beijo carioca azul

Barbie Girl disse...

Oi querida

Para iluminar seu cantinho trouxe um lindo verso;

"Um Deus infinito pode se dar inteiro a cada um de seus filhos.
Ele não se distribui de modo que cada um tenha uma parte,
mas a cada um ele se dá inteiro, tão integralmente
como se não houvesse outros."
-A.W.Tozer

Lu Souza Brito disse...

Chelle,

Bom mesmo é quando eles nao precisam desse empurraozinho né? Quando entendem que falhar é normal, que acontece com qualquer um e nao significa que acontecerá pra sempre. Mas se precisar, o dito cujo tá ai.
Tenho medo dessas coisas pq homem nao procura medico então...nao se deve tomar medicamento assim por conta própria.

** Quanto a insonia, passei por algo semelhante na ocasião do meu casamento (cerca de 1 ano atrás).
Passei exatamente pela mesma coisa: dormia de 2 a 3 horas apenas, e com pouquíssima qualidade.
Usei esta tática do relaxamento, do chá de camomila, de erva doce. Ajudaram, mas nao foi suficiente.
E olha que tudo começou em abril do ano passado quando decidi oficializar o casorio (que foi em julho). Posso dizer que durmo razoavelmente a pouco mais de 6 meses e ainda assim, faço tratamento homeopático com florais de bath e com valeriana.

Mas agora já durmo 6 horas por noite e raras as vezes acordo de madrugada e se acordo, consigo voltar a dormir!!!

super beijo!
Lu